17/08/2015

Você não faz mais parte da minha vida.


    Por muito tempo, lutei para manter pessoas na minha vida. Deixava claro o quanto fazia questão, corria atrás e nada. Não é meu forte implorar para que façam parte da minha história, para os preservarem vivos na minha memória. Não faço mais o mínimo de esforço possível para que se mantenham presente. Por essa razão, vi muitas pessoas que se diziam meus melhores amigos para sempre se afastarem de mim, e eu de longe só observava…  Assistindo cada vez mais de perto, inúmeras pessoas partirem sem ao menos se despedirem.

    Contudo, o que aprendi, é que se eu fizesse realmente falta me procurariam, mas o que diversas vezes não aconteceu. Deletei muitos contatos da minha agenda telefônica, removi muitos "amigos" das minhas redes sociais, desfiz muitos laços de amizade, pelo simples fato de não querer fazer parte de lembranças que um dia iriam se tornar insignificantes. Me propus a manter tanta gente na minha vida sem necessidade, fui até o meu limite para deixar claro o quanto eram importantes pra mim e não souberam valorizar isso. Acharam pouco, achavam que mereciam mais e na verdade, não mereciam nem isso.

    Estou com a minha consciência limpa e com meu coração tranqüilo, de que a minha parte eu fiz, e se realmente significasse para essas pessoas que me juraram amor eterno, talvez elas ainda estivessem fazendo parte da minha história. Mas pra minha sorte, não estão. E agora eu estou seguindo essa regra: Se não souber me valorizar, eu mando pastar. Por que falar que sente saudades é totalmente diferente de quem sai de onde estiver para poder te ver. Nem que seja por alguns minutos. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

© Vinícius Delvalle - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo