21/10/2016

É só questão de tempo.


    Durante determinado tempo, achei um máximo gravar datas. De todos os tipos. De quando eu me tornei melhor amigo da minha melhor amiga. Da última vez em que eu tive um porre de não lembrar de nada do que tinha acontecido na noite anterior, ou pior, de guardar na memória os dias que eu tinha saído com meu antigo "crush". Essa última foi a mais bizarra, eu sei. Mas o que eu tirei como lição, foi que não importa lembrar os dias, mas lembrar dos momentos que foram vividos, e quero frisar bem, só os momentos bons.

    Tem hora que a gente age por impulso, e aquilo fica lá martelando na sua cabeça até você encontrar uma válvula de escape. Faz parte. Tinha deixado colado um calendário com vários dias marcados com corações, estrelinhas ou apenas círculos atrás do meu guarda-roupas, mas achei melhor trocá-lo por um em branco. Sei que não vou esquecer algumas datas da noite pro dia, mas também não vou mais ficar me lembrando delas com frequência.

    O momento é seguir em frente, independentemente do que estiver passando. Você vai parar pra analisar e ter a convicta certeza de que o mundo não para, o tempo não para e a vida também não. Da mesma forma que o seu coração não vai parar de bater por algo que tenha te magoado. Os dias continuarão a seguir, mas de agora em diante as coisas vão ser diferentes, a perspectiva será outra, vai por mim. Grave bem os bons momentos e lembre-se, não se apegue a datas e/ou números. Mesmo quando o Facebook te fizer relembrar que você tem uma recordação de 01 ano atrás.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

© Vinícius Delvalle - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo